SAW: da formação à confirmação
NewsSAW: da formação à confirmação

SAW: da formação à confirmação

Depois de sete meses a trabalhar arduamente e a lutar para atingir todos os objetivos delineados no início da campanha, chegou a altura de fazer o balanço da primeira metade da época.

Percorremos um caminho exímio ao longo deste primeiro semestre, conquistando grandes torneios, vitórias únicas e aprendendo a lidar com os obstáculos que se foram atravessando pelo caminho.

Numa primeira fase, em que se formou o exército e tudo o que seria necessário para que o projeto seguisse em frente da melhor forma possível, conquistámos de imediato grande parte da comunidade portuguesa de Counter-Strike, prometendo inovar o cenário do gaming nacional e criar algo extraordinário. Desde então, tem sido o incansável apoio desta comunidade o grande catalisador para todos os feitos alcançados.

Com um arranque quase perfeito nos qualificadores em que participámos inicialmente, conseguimos conquistar uma vaga na Liga Portuguesa de Counter-Strike, um torneio em lan onde chegamos aos playoffs mas que acabou por ser interrompido devido à pandemia do coronavírus.

Mas nem assim ficamos desmotivados. A jogar em casa, em segurança, conseguimos fazer coisas inéditas e mostrámos que desistir não é uma opção. Nestes meses, sagrámo-nos campeões da maior liga do país vizinho, Orange Unity League (LVP), depois da conquista do primeiro lugar na fase regular e do triunfo na fase eliminatória, tornámo-nos campeões nacionais ao dominar por completo a Master League Portugal, onde não perdemos um único mapa, alcançámos a segunda posição na ESL Masters Spain, vencemos a RTP Arena Cup, o que nos garantiu uma vaga na BLAST Showdown, uma competição que contou com a presença das melhores equipas do mundo, e fizemos história para o CS:GO em Portugal quando nos sagrámos campeões da temporada 33 da ESEA Open e da temporada 34 ESEA Advanced, algo nunca antes conseguido por uma equipa lusa. Este último triunfo valeu ainda uma vaga na temporada 35 ESEA Mountain Dew League (MDL), que fez com que nos tornássemos na primeira equipa de sempre a conseguir alcançar esta liga em tão pouco tempo.

Além disso, vencemos os qualificadores DreamHack Iberian e Home Sweet Home e participamos em muitas outras batalhas, como Malta Vibes, Nine to Five e BLAST Rising.

Conseguimos outro marco histórico para o CS:GO nacional quando atingimos o 38.º posto do ranking mundial, e somos atualmente considerados como a melhor equipa portuguesa e uma das mais acarinhadas pela comunidade.

Os objetivos a que a organização se propôs em janeiro de 2020 foram já cumpridos. Uma nova fase se aproxima – confirmação e estabilização -, e o mindset vai permanecer intacto: os sAw não só vieram para ficar, como estamos comprometidos a mudar para sempre o panorama do CS português. E a saga ainda agora começou!